O youtuber Rato Borrachudo com 3,42 milhões de inscritos pode perder canal após strikes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de setembro de 2020

No domingo (20), o youtuber Rato Borrachudo postou no Twitter, que sua conta seria encerrada por conta de vários avisos de violação de direitos autorais. E na terça (22), o youtuber postou um vídeo em seu segundo canal (Ratão Joga), dando uma explicação curta sobre a violação dos direitos autorais.

Apesar do YouTube alegar que os strikes sejam válidas, o youtuber defende que as acusações foram "arquitetadas".

A violação

De acordo com youtuber, o YouTube enviou uma notificação no dia 18 de setembro alegando que o canal seria encerrado no dia 24 de setembro, por conta de violações de direitos autorais. Uma das regras da plataforma criada em fevereiro de 2019, diz que "Três strikes já seriam o suficiente para o YouTube derrubar um canal"; mas a captura de tela em seu perfil no Twitter mostra que o canal Rato Borrachudo já tem 4 strikes.

Na terça (22), o youtuber criou um novo canal chamado "Eu sou o Douglas" e postou um vídeo desabafando a violação e a sua saúde mental; no começo do vídeo ele diz:


Cquote1.svg

[...] Estou bem abalado com isso tudo, é até difícil para me expressar. [...] Se tudo der errado, essa (O canal "Eu sou o Douglas") provavelmente será meu barquinho... minha arca de noé.

Cquote2.svg
Douglas Mesquita (Rato Borrachudo)



E ainda, em algumas partes do vídeo, diz que:


Cquote1.svg

[...] Foi um youtuber, que aplicou aproximadamente 20 notificações de direitos autorais, de um conteúdo de segundos, que não chega nem a 10 segundos da utilização em UM vídeo.

Cquote2.svg
Douglas Mesquita (Rato Borrachudo)



Cquote1.svg

[...] Nessa notificação judicial existia um valor exorbitante de dinheiro, que eu falei "Que, que isso!"; a partir da li eu entrei em desespero, fiz uma ultima postagem no Twitter. E... cara, sumi; naquela sexta-feira eu desabei, eu meio que quis desistir de tudo, foi muito difícil pra mim, aquela sexta-feira.

Cquote2.svg
Douglas Mesquita (Rato Borrachudo)



Cquote1.svg

[...] E outra, eu tenho canal secundário ("Ratão Joga") onde posto minhas gameplays, na regra do YouTube, se meu canal principal for excluído, o canal secundário também será excluído. Hoje existe uma pratica de negócio na plataforma, aonde existe vários vídeos, que as pessoas compram o direito desses vídeos e depois vai lá aplicam o strike na pessoa, e vai extorquir a pessoa. Tô falando de extorssão, pede valores absurdos! [...] Teve amigos que me ajudaram; Castanhari, cara estendeu a mão, mano eu chorava no telefone com ele, e hoje estou com time jurídico fo** pra caramba, em breve vamos trazer notícias para vocês.

Cquote2.svg
Douglas Mesquita (Rato Borrachudo)


Situação atual

No momento, o youtuber afirmou no vídeo, que enviou uma contra notificação para recuperar o seu canal no YouTube e não perder o canal secundário. De acordo com seus advogados, ele não cometeu nenhum crime de direitos autorais no Brasil, mas ainda não sabemos como o caso será resolvido. O YouTube irá validar a contra notificação e entregar para a parte que reivindicou os direitos.

Caso a parte da acusação não aceite a contra notificação e processe o Rato Borrachudo, o YouTube irá excluir permanentemente o canal e o canal secundário, mesmo que o criador de conteúdo tenha recursos para sua defesa legal.

Fontes

Reportagem original
Esta notícia contém reportagem original de um Wikicolaborador.
Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com