O governo dos EUA reconhece "barreiras sistêmicas" que prejudicam a educação dos hispânicos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Miguel Cardona, Secretário de Educação dos Estados Unidos

17 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Secretário de Educação dos Estados Unidos, Miguel Cardona, reconheceu em entrevista à Voice of America que ainda existem “barreiras sistêmicas” para os latinos terem acesso à educação de qualidade e que melhorar a situação é um desafio para o atual governo.

“Precisamos fazer um trabalho melhor, proporcionando-lhes igualdade no acesso e no sucesso no ensino superior”, reconheceu Cardona.

As declarações do dirigente vêm depois que o presidente Biden, no marco da celebração do Mes de la Herencia Hispana, promulgou um decreto que busca promover a equidade nas salas de aula e confiou ao secretário de educação a tarefa de alcançá-la.

Cardona disse estar ciente de que os latinos não alcançam os mesmos resultados de desempenho educacional que outros alunos e que o problema é agravado nos alunos que estão aprendendo inglês.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit