OEA expressa preocupação com crise econômica

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

17 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) expressou sua preocupação com a crise econômica que a América Latina e o Caribe devem enfrentar em decorrência da pandemia do coronavírus, que está causando estragos em todo o mundo, especialmente nas comunidades mais vulneráveis.

“Setenta milhões de pessoas poderiam voltar à pobreza. A pobreza e a desigualdade são os problemas estruturais mais difíceis que a democracia enfrenta”, comentou.

Almagró garantiu que a entidade que representa apoia a proposta do presidente da Costa Rica, Carlos Alvarado Quesada, de criar um plano conjunto “e reduzir o impacto na economia dos países em desenvolvimento”.

O plano pretende que as economias mais desfavorecidas da região possam "ter acesso ao financiamento em condições excepcionais". “Para isso, é preciso capitalizar as instituições financeiras para que não só dêem crédito, mas também em condições excepcionais”, disse.

“Devemos ir da vulnerabilidade à resiliência, temos que construir instituições fortes que permitam a solução e que permitam às pessoas sair de situações de vulnerabilidade”, disse ele.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit