Nova lei força o Facebook a desativar o compartilhamento de notícias na Austrália

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Facebook ameaçou bloquear notícias da plataforma para usuários australianos. A razão para esta decisão está na nova lei que as autoridades australianas pretendem adotar.

Em abril, em meio à pandemia de coronavírus e à queda nas receitas, as autoridades australianas anunciaram que exigiriam que o Google e o Facebook pagassem pelo uso de notícias. O documento está previsto para ser aprovado no final de 2020.

“Presumindo que o projeto se torne lei, lamentamos desativar a capacidade de compartilhar notícias locais e internacionais para todos os usuários do Facebook e Instagram na Austrália. Esta é a única maneira de se defender contra a lei, que prejudicará o desenvolvimento do setor”, disse Will Easton, CEO do Facebook na Austrália e Nova Zelândia.

O Facebook observa que a decisão não afetará os principais produtos e serviços da empresa na Austrália e afetará apenas notícias, e a empresa continuará trabalhando com os governos e reguladores do país para resolver a controvérsia.

Anteriormente, a empresa de tecnologia Google afirmou que a lei proposta pelas autoridades australianas é injusta e sua adoção afetará a qualidade dos serviços oferecidos. A Comissão Australiana de Concorrência e Proteção ao Consumidor observou que a nova legislação apenas restauraria a justiça no mercado de mídia do país, igualando os direitos e oportunidades de seus participantes.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit