Na Argentina, Lula saúda eleição de Chávez e torce por Morales

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Puerto Iguazu/Argentina - Presidente Lula conversa com o presidente da Argentina, Nestor Kirchner. Foto Valter Campanato/ABr.

1 de dezembro de 2005

Brasil

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reuniu-se quarta-feira (30 de novembro) em Puerto Iguazú (Argentina), com o Presidente Néstor Kirchner a fim de celebrar o Dia da Amizade e assinar 22 acordos de cooperação entre os dois países.

O Dia da Amizade foi em 1985 criado pelos ex-presidentes José Sarney (Brasil) e Raul Alfonsín (Argentina).

Lula recebe Evo Moralles em Brasília (18/11/2005). Foto: Ricardo Stuckert/PR.

Na declaração que fez à imprensa Lula disse: "Queremos a parceria da Argentina na abertura de novas fronteiras de comércio exterior, atraindo investimentos e internacionalizando nossas empresas".

O Presidente brasileiro situou a aproximação com a Argentina dentro do cenário de integração que promove na regiãol: "Mas o aprofundamento de nossa relação bilateral não pára em nossas fronteiras. Está no cerne dos grandes projetos de política externa dos dois países. Da integração bilateral passamos ao Mercosul, de nosso bloco sub-regional avançamos para a Comunidade Sul-Americana de Nações."

Finalmente Lula elogiou a eleição de Hugo Chávez na Venezuela e manifestou desejo pela eleição de Evo Morales (candidato apoiado pelo Foro de São Paulo) na Bolívia: "Olhem o retrato das eleições na América do Sul nesses últimos três anos e nós vamos perceber que, em nenhum momento histórico da América do Sul, a gente teve tanta possibilidade de ter uma América do Sul realmente voltada para a sua gente. Eu dizia a Kirchner, agora há pouco, 'imagine o que significou a eleição do Chávez na Venezuela; imagine o que significa se o Evo Morales ganhar as eleições na Bolívia'. São mudanças tão extraordinárias que nem mesmo nossos melhores cientistas políticos poderiam escrever porque não tinha livros antecedentes mostrando que isso seria possível."

Fontes