Mosquitos não são portadores da COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Mosquitos hematófagos não são portadores da SARS-CoV-2, vírus causador da COVID-19. Esta conclusão foi feita por cientistas estadunidenses, de acordo com a revista Nature.

Os pesquisadores descobriram que o vírus SARS-CoV-2 não pode se multiplicar em um mosquito, mesmo que ele tenha picado uma pessoa infectada. Ou seja, a transmissão do coronavírus de um mosquito para o homem é impossível:

“Mesmo sob condições extremas, o SARS-CoV-2 não pode se auto-reproduzir em mosquitos. Assim, não pode ser transmitido aos seres humanos, mesmo no improvável evento em que um mosquito pique o portador do vírus”.

Em todo o mundo, mais de 14 milhões de pessoas foram diagnosticadas com a doença. As mortes já ultrapassam 600 mil. Veja os 10 países com mais casos confirmados:

País Casos totais Mortes Curados
Estados Unidos 3 781 985 142 229 1 108 518
Brasil 2 098 389 79 488 1 371 229
Índia 1 077 618 26 816 677 423
Rússia 771 546 12 342 550 344
Peru 349 500 12 998 238 086
África do Sul 364 328 5 033 191 059
México 338 913 38 888 213 006
Chile 328 846 8 445 299 499
Reino Unido 294 792 45 318
Irão 271 606 13 979 235 300

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com