Morre Eduardo Bergara Leumann

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de setembro de 2008

Buenos Aires, Argentina

O conhecido ator argentino Eduardo Bergara Leumann morreu na última sexta-feira de manhã (coincidentemente no mesmo dia em que completou 76 anos) por problemas estomacal e cardíacos. A morte ocorreu na própria residência La Casa del Ángel.

O criador do centro artístico da La Bótica del Angel estava prostrado em uma cadeira de rodas por motivos de doença. Além disso, teve que ser hospitalizado na Fundación Favaloro devido a um acidente vascular cerebral e doença cardíaca congênita estômago (cardiopatia congênita e derrame estomacal).

"Estou muito apenada com o desaparecimento do gordo, porque era uma instituição cultural de Buenos Aires disse a amiga, a jornalista Nora Lafont, ao Canal 5 Notícias (C5N). La Botica foi a vida do Eduardo, foi um grande cenográfo. Poderia fazer tecido de tela um vestido noite em poucos minutos pronto para sair da televisão".

Além da atuação, Bergara Leumann era vestuarista, cenográfo e maestro. Nascido em 5 de setembro de 1932, participou em filmes do El Hombre de la Deuda Externa (O Homem da Dívida Externa, em tradução livre) de 1987; Olga, La Hija de Aquella Princesa Rusa (Olga, A Filha Daquela Princesa Russa, em tradução livre) de 1972; e Juguemos en el Mundo (Jogamos no Mundo, em tradução livre) de 1971. Também participou na televisão, com o ciclo La Botica del Tango.


Fontes