Morales pede aprovação de lei que permita interceptar aviões que invadam espaço aéreo da Bolívia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

15 de dezembro de 2011

Bolívia — O presidente da Bolívia, Evo Morales, pediu hoje (15) à Assembleia Legislativa agilidade para aprovar a lei que fornece mais meios de operação e de combate para os aviões K-8, adquiridos recentemente. O objetivo é ajudar no combate ao narcotráfico e permitir que aviões usados para o tráfico sejam derrubados caso não obedeçam à ordem de aterrissagem.

Nos últimos anos, a Força Especial de Luta contra o Narcotráfico detectou um aumento no uso de aeronaves para o transporte de cocaína.

“Temos seis aviões preparados para o combate ao narcotráfico. Acho importante termos uma norma para que possamos derrubar aviões de narcotraficantes caso eles não obedeçam à ordem de aterrissagem”, disse Morales. Alguns países vizinhos têm esse tipo de norma e a Bolívia não tem.”, acrescentou.

Morales voltou a pedir à comunidade internacional e aos países industrializados, onde há grande consumo de cocaína, apoio tecnológico para o combate ao narcotráfico.

Os aviões foram comprados da China por US$ 57,8 milhões e montados na cidade de Cochabamba pela Força Aérea Boliviana. O general Tito Ganrarillas, da Forças Aérea, explicou que eles podem interceptar aeronaves que invadam o espaço aéreo boliviano sem autorização, como fazem os aviões usados pelos narcotraficantes.

Fonte[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati