Morales pede aprovação de lei que permita interceptar aviões que invadam espaço aéreo da Bolívia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

15 de dezembro de 2011

Bolívia — O presidente da Bolívia, Evo Morales, pediu hoje (15) à Assembleia Legislativa agilidade para aprovar a lei que fornece mais meios de operação e de combate para os aviões K-8, adquiridos recentemente. O objetivo é ajudar no combate ao narcotráfico e permitir que aviões usados para o tráfico sejam derrubados caso não obedeçam à ordem de aterrissagem.

Nos últimos anos, a Força Especial de Luta contra o Narcotráfico detectou um aumento no uso de aeronaves para o transporte de cocaína.

“Temos seis aviões preparados para o combate ao narcotráfico. Acho importante termos uma norma para que possamos derrubar aviões de narcotraficantes caso eles não obedeçam à ordem de aterrissagem”, disse Morales. Alguns países vizinhos têm esse tipo de norma e a Bolívia não tem.”, acrescentou.

Morales voltou a pedir à comunidade internacional e aos países industrializados, onde há grande consumo de cocaína, apoio tecnológico para o combate ao narcotráfico.

Os aviões foram comprados da China por US$ 57,8 milhões e montados na cidade de Cochabamba pela Força Aérea Boliviana. O general Tito Ganrarillas, da Forças Aérea, explicou que eles podem interceptar aeronaves que invadam o espaço aéreo boliviano sem autorização, como fazem os aviões usados pelos narcotraficantes.

Fonte[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati