Missão humanitária para socorrer Betancourt é enviada para a selva

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de abril de 2008

Uma missão humanitária liderada pela França, incluindo um médico, para tentar um contato com a ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt, foi enviada à selva da Colômbia, informou nesta quarta-feira o escritório da Presidência francesa. A missão tem o aval da Colômbia e tem esperanças de também fazer contato com outros reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), já que não há indicação sobre se deram seu aval à missão.

"Uma missão humanitária, integrada pela Espanha, França e Suíça, os três países que tentam servir de mediadores, começou a operar, em cooperação com as autoridades relacionadas ao caso", informou o escritório do presidente francês, Nicolas Sarkozy, em um comunicado que não trazia mais detalhes.

A missão humanitária foi definida na terça-feira pelos presidentes da França e da Colômbia, Álvaro Uribe, em uma conversa telefônica na qual Uribe se comprometeu a suspender operações militares na região.


Fontes