Ministro da Justiça oferece ajuda federal para governo de São Paulo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

7 de agosto de 2006

Brasília

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, disse hoje (7) em São Paulo que pretende reiterar pessoalmente ao governador do estado, Cláudio Lembo (PFL), a oferta de ajuda federal para fazer frente à crise na segurança pública. Nesta madrugada, houve nova onda de ataques a ônibus, agências bancárias, supermercados e prédios da administração pública, mas ainda não há um balanço oficial dos ataques até o momento.

“Eu já falei com o governador, falei com o presidente e relatei a ele os fatos, e o que eu pretendo visitar o governador hoje ainda, atrasar uma viagem de agenda que eu tinha. Para reiterar o nosso oferecimento, centrado em três pontos fundamentais", afirmou o ministro.

"Primeiro, continuam à disposição as forças armadas. Se precisar que elas façam uma presença aqui, não só com homens, mas com equipamentos também, viaturas, aeronaves, elas estão à disposição. Em segundo lugar, estão reservadas em Catanduvas (PF) as vagas necessárias no presídio federal para que São Paulo, querendo, julgando oportuno, mande para lá quantos detentos, quantos sentenciados seja conveniente.”.

A terceira oferta, segundo Thomaz Bastos, foi a cooperação entre órgãos de inteligência federal e os da segurança paulista. “O que o governador pediu é uma força-tarefa. E nós temos no sistema único de segurança pública uma ferramenta de gestão de crises, que se chama Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública. E eu vou propor de novo ao governador para que se acelere a instalação disso. Um gabinete de gestão de crises reunido, permanentemente, até que a situação em São Paulo tenha uma clareira, uma luz no fim do túnel”.

Sobre a verba de R$ 100 milhões oferecida ao governo paulista, o ministro da Justiça disse que a liberação depende da apresentação de projetos do governo paulista e que as negociações estão em andamento. Thomaz Bastos falou à imprensa após uma palestra na Faculdade de Direito das Faculdades Metropolitanas Unidasl. Após o evento, deslocou-se para a sede do Ministério Público do estado para encontrar-se com o governador Cláudio Lembo.

Fontes