Ministério da Saúde da Venezuela proíbe comércio da "Cola-Cola Zero"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de junho de 2009

Coca-Cola Zero

Coca-Cola Zero, um produto da empresa dos Estados Unidos, a Coca-Cola Company, foi banida na Venezuela pelo governo e ministério da saúde. Jesús Mantilla, o Ministro da Saúde venuezelano tomou a decisão de banir e proibir o comércio do refrigerante para preservar a saúde da população, mas ele não especificou quais problemas podem ser causados pelo consumo da bebida. A Coca-Cola aceitou a decisão do governo em proibir a venda, porém, a companhia emitiu uma nota dizendo que a Coca-Cola Zero não contém ingredientes que prejudicam o corpo humano.

A Coca-Cola Zero, que foi lançada em 2005 nos Estados Unidos, chegou a Venezuela em abril e a Femsa, um companhia Mexicana que ajuda na fabricação do produto, esperava uma incrível marca de vendas pela baixa quantidade de calorias do refrigerante. Coca Zero não contém açúcar e foi criada como uma alternativa para a clássica Coca-Cola.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati