Ministério Público nega arquivamento do caso dos dólares na cueca

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cueca recheada de dinheiro: símbolo da corrupção política.

25 de julho de 2006

Brasil

O Ministério Público Federal negou um recurso do presidente do Banco do Nordeste, Roberto Smith, que pedia o arquivamento de uma ação movida pela Procuradoria da República no Ceará que investiga a relação entre o dinheiro encontrado na cueca de um ex-assessor parlamentar, e o empréstimo de R$ 300 milhões junto ao Banco.

José Adalberto Vieira da Silva, secretário do Partido dos Trabalhadores (PT) do Ceará e chefe do gabinete do deputado estadual José Nobre Guimarães, foi preso em São Paulo, em junho de 2005 quando tentava embarcar para Fortaleza levando U$ 100 mil escondidos na cueca.

Na época, o incidente prejudicou a imagem do então Presidente do PT, José Genoíno (irmão de Nobre Guimarães) que renunciou.

Fontes