Militares de Burkina Faso anunciam que depuseram o presidente

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
O presidente deposto Roch Marc Christian Kaboré (2018)

25 de janeiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Soldados de Burkina Faso, nação da África Ocidental, dizem que derrubaram o presidente Roch Marc Christian Kaboré e que uma junta militar agora controla o país.

Mais de uma dúzia de soldados amotinados apareceram na televisão estatal na segunda-feira para fazer o anúncio e disseram que a revolta foi realizada sem violência.

O capitão Sidsore Kaber Ouedraogo disse que os novos líderes militares trabalharão para criar um calendário "aceitável para todos" para a realização de novas eleições.

O desenvolvimento segue relatos de intensos combates perto do palácio presidencial na capital, Ouagadougou.

O paradeiro de Kabore não é claro. Relatos na segunda-feira disseram que ele foi detido por soldados amotinados junto com outros membros de seu governo.

Um anúncio assinado pelo tenente-coronel Paul-Henri Sandaogo Damiba disse na segunda-feira que os detidos estavam em um local seguro.

A declaração culpou Kabore por não conseguir unir a nação e disse que ele não respondeu efetivamente aos desafios do país.

O partido de Kabore disse anteriormente que ele sobreviveu a uma tentativa de assassinato, mas não deu mais detalhes.

Fontes