Militantes do Paquistão libertam 250 crianças de uma escola após pegá-las como reféns

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de janeiro de 2008

Funcionários do Paquistão confirmaram que pelo menos 250 alunos entre os 12 e os 18 anos e vários professores foram feitos reféns por pelo menos sete militantes dentro de uma escola secundária em Domail. Após negociações, as crianças foram liberadas.

"Havia 200 a 250 crianças na escola e cerca de sete militantes", disse Hamid Nawaz, o ministro do Interior do Paquistão.

"Os criminosos têm rendido à jirga, juntamente com as suas armas. Sem filhos tenham sido ferido e todos foram libertados", disse um porta-voz Javel Iqbal Cheema para o Ministério do Interior. Pelo menos um policial ficou ferido e um militante foi morto na batalha.

De acordo com relatos, os militantes foram combater os policiais após o sequestro de um "trabalhador da saúde", quando caminhavam para a escola para abrigos. Eles eram supostamente armado com várias armas, incluindo foguetes lançadores e granadas.


Fontes

Ligação a um site em inglês*Bonnie Malkin Militants start to release 250 child hostages Telegraph.co.uk 28 de janeiro de 2008

Ligação a um site em inglês* Gunmen free Pakistani school children, surrender Reuters 28 de janeiro de 2008

Ligação a um site em inglês* Militants hold up to 250 Pakistani children-minister Reuters 28 de janeiro de 2008 }