Mais de 70% dos venezuelanos não aparece para votar

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
LocationVenezuela.png

5 de dezembro de 2005

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Jorge Rodríguez, depois de apuradas 79,1% das urnas, disse que o índice de abstenção às eleições legislativas venezuelanas é de 75%.

A maioria da população preferiu não votar, apesar dos insistentes apelos do Presidente Hugo Chávez dias antes da votação.

No município de Palavecino a estimativa é que o índice de abstenção chegou a 90%. No Liceu Jacinto Lara, onde estavam registrados 7 mil eleitores, apenas 40 deles tinham comparecido até as 11h30.

Segundo o jornal El Impulso, os mercados de San Juan e Terepaima de Barquisimeto estiveram cheios. Muitos venezuelanos preferiram passar o domingo fazendo compras do que ir votar. O El Impulso entrevistou alguns populares do local que disseram porque não foram votar. A maior parte das respostas foram de críticas ao processo eleitoral. "Não vale a pena votar, é sempre uma enganação", disse Carmen Colina. Outro entrevistado que se identificou como Taylor López declarou: "Eu não voto porque o governo nunca me deu nada e me sinto insatisfeito com a gestão do Presidente Chávez".

Para o chefe da missão de observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA), Rubén Perina, o processo eleitoral for "normal e tranqüilo".


Ver também

Fontes