Lula diz que não há muito que esperar da reunião do G20 em Washington

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

11 de novembro de 2008

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Ao se reunir na manhã de hoje (11) com sindicalistas italianos, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva disse que não há muito que se esperar da reunião do G20, marcada para o próximo sábado (15) em Washington D.C., nos Estados Unidos.

Lula afirmou que a reunião será apenas o primeiro encontro dos chefes de Estado dos países mais ricos do mundo após a deflagração da crise financeira internacional e poderá ser o primeiro passo para a reforma das instituições. “Não esperem muito do G20. É apenas um começo, promissor, mas é apenas um começo.”

O presidente falou para uma platéia de mais de mil pessoas e foi bastante aplaudido em vários momentos do discurso. Ele reencontrou muitos amigos que fez durante o período um que foi líder sindical.

Alguns deles relembraram o apoio dos sindicatos italianos à estruturação do movimento no Brasil e momentos considerados marcantes, como o primeiro encontro de Lula com o polonês Lech Walesa. Fundador do Solidariedade, uma das principais entidades sindicais do Leste Europeu, Walesa chegou à Presidência de seu país em 1990.

Lula quebrou o protocolo e cumprimentou muitas pessoas na saída do auditório do Parco della Musica, onde o evento foi realizado.

Fontes