Lula anuncia pacote de ajuda às favelas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Uma favela no Rio de janeiro.

5 de agosto de 2007

Brasil

O Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula Da Silva, anunciou na sexta-feira passada (3) que investirá cerca de R$ 6,835 bilhões em 12 estados e no Distrito Federal para melhorias no saneamento básico, serviços de esgoto e melhoramento urbano em favelas brasileiras.

"Essa carteira não vai parar mais de ter dinheiro, isso significa que saneamento básico não será mais uma política eventual. Será uma política pública, definida e determinante neste país", disse o Presidente ao anunciar, no Palácio do Planalto, os investimentos que fazem parte do chamado Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Segundo o governo, o PAC tem também o objetivo de debilitar o narcotráfico e o crime organizado na vida das favelas.

Mês passado, o chefe de segurança estatal do Rio do janeiro declarou que as favelas estavam "à mercê de um estado paralelo", onde os "criminosos ditavam seus desejos". Em um discurso em julho no Rio do janeiro, Lula reconheceu as dificuldades para combater o crime organizado.

O governo informou que as obras previstas devem atender 13,9 milhões de pessoas nos estados brasileiros do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Tocantins e Distrito Federal.

Fontes