Juan Pablo Montoya ganha a primeira carreira da IndyCar 2015 na Flórida

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


29 de março de 2015

Juan Pablo Montoya venceu no Grande Prêmio de St. Petersburg, o primeiro encontro da temporada 2015 da IndyCar Series, realizada em um circuito de rua, na Flórida (EUA). Foi a 13ª vitória na IndyCar do colombiano, que voltou para a IndyCar em 2014 após várias temporadas na Nascar Cup e a vitória 175 carro Penske Indy.

Montoya cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 0,99 segundo atrás do australiano Will Power, o atual campeão e companheiro de equipe na Penske. O colombiano vencê-lo na rodada final de pit stops. Poder cortar a diferença e tentou ultrapassar nove voltas do final, mas Montoya linha fechada e os dois carros se tocaram, embora o terceiro lugar, o brasileiro Tony Kanaan, era vários segundos atrás deles e não alcançou.

Penske colocou quatro pilotos entre os cinco primeiros, pois além do 1-2 Montoya e Energia, obteve o quarto lugar nas mãos do brasileiro Hélio Castroneves e quinto pelo francês Simon Pagenaud.

A Chevrolet dominou a corrida, sendo o melhor representante da Honda americano Ryan Hunter-Reay, que terminou em sétimo. Exceto por Montoya, os outros pilotos colombianos não são destacados no teste. Carlos Muñoz foi 14º, Gabriel Chaves e Carlos Huertas 17º passada.

A corrida foi caracterizada por numerosas toques ao longo da corrida, que se dispersaram grande quantidade de detritos no corpo pista, e que causou várias entradas do safety car.

Fontes[editar]