Juan Carlos, ex-rei da Espanha, deixa país secretamente

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Juan Carlos em 2007

O Rei Emérito Juan Carlos da Espanha deixou o país secretamente hoje. O anúncio foi feito pela Casa Real esta tarde, através do qual também foi divulgada uma carta deixada para seu filho, o Rei Felipe. Na carta, Juan Carlos explica que deixa o país para proteger a instituição. "Devido a repercussão pública que estão gerando certos acontecimentos passados da minha vida privada (...) comunico minha imediata decisão de transferir-me para fora da Espanha", lê-se na missiva.

Juan Carlos, que abdicou em 2014 após uma série de polêmicas, estava envolvido num escândalo de corrupção que veio a público no início de março passado. Segundo investigações preliminares, ele tinha uma conta secreta na Suíça de cerca de 100 milhões de Euros não declarados ao fisco espanhol, parte deles recebidos como propina de uma empresa para a construção de uma linha de metrô até Meca. A Corte Suprema espanhola já estava acompanhando o caso e as primeiras audiências eram esperadas para as próximas semanas.

Na época em que o caso se tornou público, o Rei Felipe, cortou-lhe a subvenção anual e renunciou a seus direitos de herança privada.

Juan Carlos tornou-se rei logo após a Ditadura de Franco e conduziu o país durante sua redemocratização.

Seu destino é desconhecido.


Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com