José Sarney tem conta no exterior, diz revista

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de julho de 2009

Segundo a reportagem da revista Veja, que chegou nas bancas ontem, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) tem uma conta bancária no Exterior. A revista faz um relato das relações entre o peemedebista e o banqueiro e amigo pessoal Edemar Cid Ferreira, que já foi condenado anteriormente pela Justiça a 21 anos de prisão, por fraudes do Banco Santos

A denúncia é feita com base em documentos apreendidos pelo Banco Central e da Polícia Federal encontrados durante a intervenção do Banco Santos, que pertencia a Edemar, ocorrido no final de 2005, quando na época, após a intervenção ao banco, Sarney teve que explicar a denúncia pela imprensa ter feito saques na véspera da intervenção.

No documento, tem o "JS", que registra saldo no Exterior de US$ 870.564 dólares, equivalente então a R$ 1,7 milhão. Segundo a revista, "JS" é "José Sarney"

Reação

Após a nova denúncia, Sarney ordenou a imediata rastreamento de todas as contas com nome dele fora do Brasil, como intuito "achar provas".

A nova denúncia pegou novamente diversos senadores, que estavam em respectivos estados brasileiros e que voltarão na segunda-feira para Brasília. Só poucos foram procurados, entre eles, Aloizio Mercadante, ao visitar José Alencar, que está no Hospital Sírio Libanês:

"Acho a denúncia muito grave, muito séria. Tem que ser apurada com todo rigor. O presidente Sarney negou a existência dessas contas. Segundo eu li, ele esta encaminhando já na segunda-feira ao procurador-geral da República uma autorização para ser investigado todo este episódio. E é muito importante que isso seja feito com rapidez pela Procuradoria que tem todos os instrumentos para esclarecer isso ao Brasil", disse.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati