José Sócrates demite-se após derrota no Parlamento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

24 de março de 2011

O primeiro-ministro português, José Sócrates apresentou ontem (23) o pedido de demissão do cargo ao Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, anunciou a Presidência da República. O pedido teria sido motivado pela rejeição no Parlamento às mais recentes medidas de austeridade propostas por seu governo, que é minoritário na Casa.


Cquote1.png

Sempre alertei para as consequências negativas de um intervenção externa. Há toda uma diferença entre um País que resolve os seus problemas e um País que tem de pedir ajuda externa por não conseguir resolver os seus próprios problemas. Foi por isso que mantive até ao último minuto o esforço de dialogar com todos. Ao longo destes dias fiz inúmeros apelos à responsabilidade. Lamento ter sido o único a fazer esse apelo e lamento ainda mais que nenhuma política tenha respondido a esse apelo

Cquote2.svg
José Sócrates




“O presidente da República recebeu hoje, em audiência, o primeiro-ministro, o qual lhe apresentou o seu pedido de demissão”, informa o comunicado da presidência da República.

A nota adianta ainda que o governo mantém-se “na plenitude de funções até a aceitação daquele pedido”.

“Com vista à resolução da situação política decorrente do pedido de demissão do primeiro-ministro, o presidente da República, nos termos constitucionais, irá promover, no próximo dia 25, audiências com os partidos representados na Assembleia da República”, diz a nota da Presidência da República.

A nota foi divulgada no site da Presidência da República por volta das 21h em Portugal, 18h em Brasília, mas poucos minutos depois a página da internet ficou bloqueada.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati