Jornalistas são agredidos durante manifestação em Brasília

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de maio de 2020

O presidente do Brasil Jair Bolsonaro participou ontem de uma manifestação anticonstitucional em frente ao Palácio do Planalto. Os participantes exibiam cartazes de apoio a uma intervenção militar. Durante o evento, um fotógrafo do jornal O Estado de S. Paulo foi agredido com socos e chutes, além de outros jornalistas terem sido hostilizados.

Tais atitudes foram repudiadas por ministros do Supremo Tribunal Federal, pelo deputado Rodrigo Maia e outros diversos órgãos. Nesta segunda, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu ao Ministério Público do Distrito Federal que apure as agressões sofridas por jornalistas.

No ofício enviado ao órgão, Aras afirmou que os autores devem ser responsabilizados judicialmente. “Tais eventos, no entender deste Procurador-Geral da República, são dotados de elevada gravidade, considerada a dimensão constitucional da liberdade de imprensa, elemento integrante do núcleo fundamental do Estado Democrático de Direito”, afirmou Aras.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com