Israel: drone militar alimenta filhote de abutre-fouveiro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um filhote de abutre-fouveiro que havia perdido sua mãe foi salvo com a ajuda de um drone. Este é o primeiro caso conhecido de veículo aéreo não tripulado que alimentou com sucesso uma ave de rapina.

Os ornitólogos israelenses foram ajudados pelos militares — oficiais das Forças de Defesa de Israel, que operavam o drone, para realizar a missão de resgatar o filhote.

O grifo, comum na Eurásia, no norte e nordeste da África, ainda não é uma espécie criticamente ameaçada, mas o número dessas aves está diminuindo em algumas áreas. Portanto, em Israel, sua população é monitorada através da instalação de câmeras nos ninhos. Com a ajuda dessa câmera, cientistas do departamento de conservação da natureza e parques nacionais do país descobriram o aparecimento de um filhote no norte de Israel.

Logo após o nascimento, sua mãe morreu nas linhas de energia e seu pai não conseguiu alimentar os filhotes sozinho. As pessoas vieram em socorro, mais precisamente, um drone, que a cada dois a quatro dias fornecia alimentos enriquecidos com vitaminas e aditivos alimentares para os pássaros.

Como resultado, o filhote sobreviveu, amadureceu e conseguiu sair do ninho. 52 dias se passaram desde a morte de sua mãe e 136 dias se passaram desde seu nascimento. Agora ele deve aprender a encontrar comida por conta própria, evitando perigos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com