Isabel dos Santos antecipa compra da empresa portuguesa PT

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

A empresária oferece 1,35 euros por acção, o que totaliza os 1,21 mil milhões de euros, valor que já incorporará o prémio aos accionistas.

27 de novembro de 2014

A empresária angolana Isabel dos Santos vai antecipar para amanhã a entrega à CMVM o projecto de anúncio de lançamento de OPA (Oferta Pública de Aquisição) sobre a PT-SGPS, assim como a entrega do projecto de prospecto, segundo o jornal português Económico.

Aquele jornal escreve que a Terra Peregrin, empresa de Isabel dos Santos, tinha até à próxima Segunda-feira, 1 de Dezembro, para pedir o registo da operação mas vai antecipar este pedido, com o objectivo de que a operação chegue o mais rapidamente possível ao mercado.

O pedido de registo, que será entregue amanhã, formaliza a eliminação das condições que dependiam da Oi, accionista da PT SGPS, e que a empresária angolana disse que iria alterar para que a OPA chegue ao mercado. Em causa está, entre outros pontos, a condição da OPA só ser lançada se a Oi não vender activos estratégicos, como a PT Portugal, que tem duas propostas de compra em cima da mesa. Agora, a oferta pode ser retirada, explica o Económico.

A empresária oferece 1,35 euros por acção, o que totaliza os 1,21 mil milhões de euros, valor que já incorporará o prémio aos accionistas. Em causa estará um prémio de 17% sobre o preço médio das acções. Mas terá de justificar, no registo da OPA, a razão para não seguir as habituais regras de mercado. O documento está a ser preparado pela Caixa BI, assessor financeiro da operação.

Notícia Relacionada

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati