IRA Provisório foi desmantelado, diz o governo britânico

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

4 de setembro de 2008

Londres, Grã-Bretanha, Reino Unido — O governo britânico considerou ontem, desmantelado definitivamente o IRA Provisório, dando por concluída o Acordo da Sexta-Feira Santa de 1998 quando se refere ao fim da luta armada e ao desaparecimento da organização.

A Comissão Independente criada para monitorar o desarmamento e desmantelamento da organização terrorista, afirmou que o ‘‘‘Conselho Armado’’’ do IRA "já não está operativo" e que carecia de uma estrutura de liderança capaz de organizar uma ofensiva armada. A notícia coincide em uma semana crítica em que Sinn Fein, braço político do IRA, deveria tentar chegar a um acordo com os Unionistas para formar governo. Aqueles que se opõem a considerar ativa luta armada. Por sua parte, o ministro para a Irlanda do Norte, Shaun Woodward, havia ratificado que a organização, seguindo os seus próprios métodos, tenha abandonado os recrutamentos e a estrutura.

Os dirigentes do Partido Democrático da Unionista e Sinn Fein haviam formado governo em 2007. O pacto teve sua origem na assinatura do Acordo da Sexta-Feira Santa, em 1998, quando os grupos políticos da Irlanda do Norte se comprometeram a formar um governo em regime de autonomia, ao mesmo tempo em que a IRA abandonava as armas. Esta anunciou o seu desarmamento em 2005 e foram criadas pelo governo britânico e à organização terrorista (este através de intermediários), órgãos de controle e verificação do processo são os que finalmente tenham comunicado o final.


Fontes