Holocausto Ucraniano é lembrado no Congresso Nacional

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikipedia-logo-v2.svg
Na Wikipédia há um artigo sobre Holodomor.

24 de setembro de 2007

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Vítima do Holodomor numa rua de Kharkiv.

As vítimas da grande violação dos direitos humanos cometida contra a população da Ucrânia, durante o “Holodomor” foram lembradas, na última semana, no Congresso Nacional Brasileiro.

O deputado Eduardo Sciarra (Democratas-PR) aprovou, na Comissão de Direitos Humanos e Minorias, um requerimento de moção que reconhece como genocídio as atrocidades cometidas naquele período. A moção segue agora para o Governo Federal para o devido registro do reconhecimento.

O “Holodomor”, também conhecido como “Grande fome da Ucrânia”, ocorreu durante os anos de 1932 e 1933, durante o governo de Stalin, e estima-se que neste período, de 7 a 10 milhões de pessoas tenham sido torturadas até a morte pela fome, sendo mais de um terço desse número formado por crianças.

Para o deputado, o “Holodomor”, onde tantas pessoas morreram, “é uma tragédia que envergonha a população mundial. O reconhecimento pelo Congresso Nacional e pelo Governo Brasileiro, mais do que um ato de solidariedade tardio com o povo ucraniano, é uma forte manifestação em favor da liberdade contra qualquer tipo de tirania” afirmou.

O reconhecimento como genocídio ou crime contra a humanidade é uma homenagem àquela população e já existe em diversos lugares, como Estados Unidos, Canadá, Estônia, Argentina, Austrália, Itália, Hungria, Lituânia, Geórgia e Polônia.

Fontes