Hezbollah entrega restos mortais de soldados israelenses em troca de prisioneiros libaneses

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de julho de 2008

O Hezbollah, grupo islâmico sediado no sul do Líbano, entregou à Cruz Vermelha os corpos de dois soldados israelenses nesta quarta-feira. A organização libanesa mostrou dois caixões negros, onde estariam os restos mortais de Ehud Goldwasser e Eldad Regev.

Em troca, Israel prometeu libertar cinco prisioneiros capturados na Guerra do Líbano, ocorrida em 2006.


Cquote1.png

Estamos agora entregando os dois soldados israelenses que foram capturados pela resistência islâmica em 12 de julho de 2006 à Cruz Vermelha. O lado israelense vai agora entregar os grandes combatentes sagrados árabes Samir Qantar e seus companheiros à Cruz Vermelha

Cquote2.svg
Wafik Safa, autoridade de segurança do Hezbollah




Durante os últimos dois anos o Hizbollah negociou os corpos dos soldados pela liberdade de Maher Qorani, Mohammad Srour, Hussein Suleiman, Khodr Zeidan e Samir Qantar. Qantar foi perdoado formalmente nesta terça-feira pelo presidente Shimon Peres, que afirmou ter tomado uma decisão difícil, mas acrescentou que "a decisão não significa de maneira alguma o perdão aos atos de Qantar".


Fontes