Grupo islâmico denuncia Miss Indonésia à polícia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

27 de julho de 2006

As mulheres da Frente Defensora Islâmica denunciou à polícia a candadidata à Miss Universo da Indonésia. O grupo islâmico acusa Nadine Chandrawinata de indecência porque ela posou de de biquini durante o concurso de Miss Universo 2006 que aconteceu nos EUA.

O advogado do grupo que se identificou apenas como Sugito, disse que a "aparência vulgar da Miss Universo é um insulto para a mulher indonésia".

No país existe uma lei de 1984, do tempo do Presidente Suharto, que proíbe as mulheres de participar de concursos de beleza que rivalizem com a moral e os costumes religiosos. Contudo a lei "caiu em desuso" desde que Suharto saiu do poder.

Nadine nasceu na Alemanha em 1984, sua mãe é alemã e seu pai é indonésio. Ela mudou-se para Jacarta, na Indonésia quando tinha 3 anos.

Referências

Fontes