Grupo armado Estado Islâmico reivindica os atentados de Paris

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de novembro de 2015

Em um comunicado, o grupo Estado Islâmico reivindicou os atentados do dia anterior em Paris. Pelo menos oito criminosos foram mortos e dois deles foram identificados, com idade entre 15 e 18 anos. A organização disse que os ataques foram cuidadosamente planejados e que eram uma «resposta a insultos ao profeta Maomé e bombardeios aéreos realizados pelo Exército francês contra o EI na Síria e no Iraque».

A França e aqueles que seguem o seu caminho devem saberem que eles são os principais alvos do Estado islâmico e vão continuar a sentir o cheiro de morte para depois […] insultar nosso profeta […] e bater os muçulmanos em terra do Califado a pousar seus aviões […]
Oito irmãos a portar cintos explosivos e rifles de assalto em locais cuidadosamente escolhidos para avançar para o coração da capital francesa.

Daech

Em um vídeo divulgado esta manhã, um ativista [terrorista] já adverte França. «Contanto que vocês continuarem a nos bombardear, vocês não vão viverem em paz. Vocês vão sentir medo de ir para o mercado».

Notícia Relacionada

Fontes