Gripe suína aterroriza o mundo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

27 de abril de 2009

A gripe suína, virose que já matou várias pessoas no México e registrou casos de infecção nos Estados Unidos, no Canadá e na Espanha, tem risco de tornar-se uma pandemia, conforme comunicado da Organização Mundial da Saúde (OMS). A chamada gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1.

Além de ser fatal, a doença provoca grandes prejuízos financeiros. Segundo a Organização Mundial do Comércio (OMC), restringir ou fechar fronteiras já se tornou inútil, uma vez que o vírus já se espalhou por grande parte do mundo. Só no México, o governo divulgou mais de 1600 casos de infecção, com 23 mortos. Neste domingo (26), o Banco Mundial anunciou que vai liberar US$ 205 milhões para o México combater a gripe.

Cquote1.png

Essa questão pode causar um impacto importante na economia, ainda que o impacto mais importante seja sobre a vida e o bem-estar humanos. Nesse momento, sem ignorar que essa é uma questão muito séria e que tem um alto potencial de crescimento, eu diria que é cedo para dar uma opinião mais concreta

Cquote2.svg
Agustin Carstens, ministro das Finanças do México



Já no Canadá, foram divulgados números relativos à doença, com 6 infectados. Já nos Estados Unidos, a doença já saiu da abrangência fronteiriça com o México e o vírus já chegou à Nova Iorque. Segundo o prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg, cem alunos da escola St. Francis Preparatory, do bairro do Queens, foram submetidos a testes, mas, até o momento, apenas oito casos foram confirmados.

Bloomberg afirmou que a prefeitura lidará com o surto de gripe suína da mesma maneira como trata todos os “eventos pouco comuns” que ocorrem na cidade, mantendo a população bem-informada. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (Centers for Disease Control and Prevention), considerado, hoje, o maior centro de diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças infecto-contagiosas do mundo, 12 pessoas de dez estados já haviam sido infectadas pela gripe suína entre dezembro de 2005 e fevereiro deste ano.

Já nesta segunda-feira (27), o governo espanhol confirmou o primeiro caso da gripe na União Européia. O caso foi detectado em um jovem da localidade de Almansa, que recém voltou do México.


Cquote1.png

Foi confirmado que o paciente de Almansa que estava em observação desde o dia 25 deu positivo para o vírus da gripe suína H1N1

Cquote2.svg
Trinidad Jiménez, ministra da Saúde da Espanha




De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, a melhor forma de prevenção à doença é a higienização das mãos, já que o contágio se dá de forma semelhante à gripe comum. Os sintomas da doença são febre repentina acima de 39 graus, tosse, fortes dores de cabeça, musculares e nas juntas, irritação nos olhos e secreção nasal.


Fontes