Grécia e Turquia contabilizam 28 mortes após terremoto

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

31 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na ilha grega de Samos o governo decretou estado de emergência com validade de seis meses devido a um terremoto, informou a Secretaria Geral da Proteção Civil.

"Por ordem do vice-ministro da Proteção Civil e Gestão de Crises, Nikos Hardalias, e pela decisão do Secretário-Geral da Proteção Civil, Vasilios Papageorgiou, os municípios de Samos Oriental e Ocidental foram colocados em estado de emergência", informou a Secretaria Geral para a Ria NOVOSTI.

A declaração de situação de emergência é necessária para controlar as consequências de um forte terremoto, uma vez que simplifica a tomada de decisões.

O decreto tem validade de seis meses e vai até até 30 de abril de 2021.

O terremoto

Um poderoso terremoto ocorreu na tarde de ontem, 30 de outubro, no Mar Egeu, perto da ilha grega de Samos e da cidade de Seferihisar, na província turca de Izmir. Os sismólogos gregos estimaram sua magnitude em 6,9.

Na Grécia, duas crianças morreram, 19 pessoas ficaram feridas e vários edifícios foram danificados. Na Turquia, 26 pessoas morreram e mais de 800 ficaram feridas.

Notícias Relacionadas

Fontes



Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit