Governo se reúne com a oposição na Bolívia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de setembro de 2008

Bolívia


O vice-presiente da Bolívia, Álvaro García Linera se reuniu esta madrugada com o prefeito opositor de Tarija, Mario Cossío. Após a reunião, que durou oito horas, afirmaram que tenham sido estabelecidas as bases para pacificar o país e que vai continuar o diálogo.

Cossío, representando o Conselho Nacional Democrático (CONALDE), se juntou com Garcia Linera, no Palácio Quemado, a sede do Governo Nacional. Embora havia anunciado a participação do prefeito de Santa Cruz, Rubén Costas, o acordo não esteve presente no evento.

O prefeito e o vice-presidente falaram, segundo fontes do CONALDE, sobre os seguintes temas: o Imposto Direto aos Hidrocarbonetos (IDH) (os opositores reclamam para a devolução) a reforma constitucional e a autonomia de Santa Cruz, Beni, Pando e Tarija.

"Existe a vontade de continuar com o diálogo, declarou o vice-ministro de Descentralização, Fabián Yaksic, de conseguiu fazer este mercanismo y una vez se falam das consultas respectivas, se continuará conversando. Havia declarado um quarto intermédio e nós vamos a voltar a reunir no domingo."

"Hoje tivemos a missão de abrir o processo e deixar estabelecidas que poderiam tornar-se definir a base do diálogo", disse Cossío. O prefeito também salientou: "A nosso retorno, é que esta é validada com os nossos mandantes, podemos continuar no domingo a discutir os conteúdos."

Após a reunião, ambas as partes vão estar amanhã, às 17:00 (hora local) e com a presença do presidente Evo Morales. Enquanto isso, o Poder Executivo confirmou que já são 16 os mortos por incidentes.


Fontes