Governo grego cria plano de ajuda aos mais afetados pela crise

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de fevereiro de 2015

Grécia

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, anunciou hoje (8) a criação de um programa de ajuda social aos que foram mais afetados pela crise no país e a recontratação dos trabalhadores do serviço público que foram despedidos. Na apresentação do programa de governo, Alexis Tsipras explicou que o plano de ajuda imediata pretende fazer face a uma "crise humanitária", atribuindo ajuda alimentar e eletricidade gratuitas, assim como acesso aos serviços de saúde para os que "foram mais castigados pela crise".

Tsipras anunciou também que os trabalhadores cujas demissões violaram a lei vão ser recolocados nos postos de trabalho, entre os quais empregados de limpeza, funcionários de universidades e seguranças de escolas. Ele informou que vai reativar a televisão pública grega, encerrada em junho de 2013. Em discurso no Parlamento, Tsipras disse ainda que a Grécia pretende pagar a dívida externa, mas ressaltou que a soberania nacional não é negociável. Além disso, o premiê assegurou que o governo quer respeitar o compromisso feito com o Tratado de Estabilidade, mas considera que a "austeridade não faz parte desse tratado".

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati