G8 manifesta preocupação com situação no Zimbábue

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

Bandeira do Zimbabué
Outras notícias sobre o Zimbabué
Localização do Zimbabué
Localização do Zimbabué

9 de julho de 2008

Reunidos na Ilha de Hokkaido, no Japão, os líderes do G8 expressaram repúdio e preocupação com o processo eleitoral no Zimbábue. Em documento conjunto divulgado hoje (8), Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Japão e Rússia dizem que não reconhecem a legitimidade de um governo que não reflita o desejo do povo do Zimbábue.

“Deploramos o fato de as autoridades do Zimbábue terem dado continuidade às eleições presidenciais apesar da falta de condições apropriadas para uma votação livre e justa, resultado de sua sistemática violência, obstrução e intimidação”, diz o comunicado.

O G8 pressiona o presidente Robert Mugabe para que comece, imediatamente, a dialogar com a oposição em busca de uma solução para pacificar o país. “É importante que qualquer processo de mediação respeite os resultados da eleição de 29 de março de 2008”, defende o grupo de poderosos.

Mugabe é presidente do país desde a independência, em 1980 e assumiu seu sexto mandato no dia 29 de junho. Ele foi eleito após a desistência do candidato da oposição, Morgan Tsvangirai, que abriu mão de concorrer em razão dos ataques de violência contra seus apoiadores.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati