Fundador da PIP acusado de “ofensas corporais involuntárias”

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

27 de janeiro de 2012

Jean-Claude Mas, de 72 anos, fundador e antigo gestor da falida P.I.P, a empresa francesa de implantes mamários Poly Implant Prothèse, foi detido em sua casa em Six-Fours-les-Plages, no sul de França, no âmbito do inquérito aberto em Dezembro.

Numa fase preliminar ao inquérito aberto por suspeitas de “homicídio e danos involuntários”, Jean-Claude tinha já prestado declarações, tendo reconhecido que “sabia que o gel não estava homologado”, mas terá tomado esta opção de “forma consciente porque o gel PIP era menos dispendioso mas de qualidade”. De facto, o silicone industrial usado nos implantes era cerca de dez vezes mais barato, mas não apropriado para fins clínicos pois apresenta toxicidade, além de uma taxa de ruptura de cerca de 10%, enquanto o normal não ultrapassa os 4%.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati