Forte tremor atinge o Japão e provoca tsunami

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Efeito do terremoto em Tóquio. Foto: Genshir0.

Agência Brasil

11 de março de 2011

A costa do Japão foi atingida hoje (11) por um terremoto de magnitude 8,9 graus na escala de Richter, um dos mais intensos dos últimos anos, de acordo com especialistas. O epicentro foi na costa próxima à província de Miyagi, a 373 quilômetros da capital. Autoridades japonesas informam que, pelo menos, 32 pessoas morreram em decorrência do tsunami (ondas gigantes).

A Agência Meteorológica do Japão emitiu alerta de tsunami para ondas de até 10 metros em toda a costa do Oceano Pacífico. O alerta de tsunami foi direcionado aos seguintes países: Rússia, Taiwan, Filipinas, Indonésia, Papua-Nova Guiné, Fiji, México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras, Chile, Equador, Colômbia e Peru.

Em Sendai, capital da província de Miyagi, os sismógrafos registraram tremores de até 7 graus na escala japonesa. A energia elétrica e o gás foram cortados na cidade. Outras duas réplicas, de magnitude inferiores a 6 graus, atingiram o arquipélago e fizeram com que os prédios na capital balançassem continuamente.

O epicentro do abalo ocorreu no fundo do mar, a uma distância de 160 quilômetros da costa, no mesmo local onde foi registrado um terremoto de 7,3 graus na última quarta-feira. A TV pública NHK mostrou imagens de barcos e carros sendo arrastados pelo tsunami na região mais a leste de Tóquio.

Muitas casas e regiões agrícolas foram atingidas pelas águas. Em Chiba, tanques de uma companhia de gás pegaram fogo e há risco de explosão na área. Um prédio ficou em chamas na ilha futurística de Odaiba, em Tóquio.

Localização do epicentro dos abalos sísmicos.

Os trens e o metrô pararam de circular e milhares de pessoas deixaram os altos edifícios comerciais da capital, Tóquio, o que lotou as ruas da cidade. Em 1933, um terremoto de magnitude 8,1 graus na escala Richter atingiu a região metropolitana de Tóquio e matou mais de 3 mil pessoas.

Os tremores de terra são comuns no Japão, um dos países com mais atividades sísmicas do mundo, e o governo prepara a população para essas situações. Mas hoje as autoridades confirmaram que os danos foram inúmeros e não há ainda um levantamento completo.

Segundo a TV NHK, foi declarado "emergência nuclear" após um incêndio em uma usina nuclear em Onagawa, na prefeitura de Miyagi. Segundo as autoridades, as tentativas de resfriar o reator "não estavam indo como planejado". A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), da ONU, anunciou que quatro usinas nucleares próximas ao epicentro do tremor foram desligadas e fechadas por medida de segurança.

Fontes

Na Wikipédia há um artigo sobre Sismo de Sendai de 2011.

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati