Facção criminosa pode ter executado autores de atentado a ônibus no Rio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

2 de dezembro de 2005

Brasil

A polícia brasileira encontrou o corpo de quatro homens mortos, assassinados a tiros de escopeta e fuzil, dentro de um automóvel Chevrolet, na madrugada de ontem (1).

Dentro do carro havia um cartaz de papelão onde estava escrito: "Taí os que queimaram o ônibus. Nós do CV não aceitamos ato de terrorismo. CV, lado certo da vida errada. Fé em Deus. Só falta o safado do pela-saco do Lorde."

"CV" são as iniciais da facção criminosa do Rio conhecida como Comando Vermelho.

Dois sobreviventes do ataque ao ônibus de terça-feira, reconheceram os corpos de dois homens mortos como participantes do atentado.


Ver também

Fontes