FARC planejavam atentado terrorista na Espanha

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alfonso Cano.

28 de maio de 2008

"Proponho que elabore um projeto que oriente os camaradas sobre o atentado em Madrid", diz um email de data desconhecida e supostamente de Alfonso Cano, atual número 1 das FARC. Este email e outros assinados por Alfonso Cano foram encontrados nos computadores de Raúl Reyes, segundo informou a polícia colombiana nesta quarta-feira.

No email Cano orienta seus colegas marxistas a realizar um atentado terrorista na capital da Espanha contra personalidades colombianas, entre elas estaria o vice-presidente da Colômbia Francisco Santos Calderón.

Num outro email Cano fala que "valeria a pena" realizar uma "ação militar" quando o presidente dos EUA visitasse a Colômbia.

Outro email de Alfonso Cano fala sobre a morte dos 11 deputados colombianos raptados pela narcoguerrilha, que segundo ele teria ocorrido devido a uma falha na guarda: "Por causa de uma grave confusão com outra unidade das FARC que nos confundiu com 'eles' e nos atacou, a guarda executou 11 dos 12 reféns porque pensaram que o Exército estava atacando. Sério equívoco que nos criará muitos problemas".


Fontes