F1: com 92 vitórias, Hamilton se torna maior vencedor de todos os tempos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tenis
Outras notícias sobre esportes ou desportos

26 de outubro de 2020

Ao vencer sua 92ª corrida ontem, 25 de outubro, o piloto inglês Lewis Hamilton superou Michael Schumacher como maior vencedor de corridas da Fórmula Um (F1).

Hamilton conseguiu o feito durante o Grande Prêmio de Portugal, corrida na qual deixou Valtteri Bottas em 2º lugar.

Hamilton

O piloto inglês é considerado há muito tempo como o que "pode bater todos os recordes de Schumacher", tendo o próprio ex-presidente da Ferrari, escuderia que consagrou o alemão, Jean Todt, declarado isto ainda meses atrás.

Atualmente ele tem seis taças da F1, apenas uma a menos que Michael.


Schumacher

Fora do circuito da F1 desde 2009, quando se aposentou, e fora do radar público desde 2013, depois de sofrer um grave acidente enquanto esquiava, Schumacher venceu 91 corridas na carreira e levantou a taça de campeão da categoria por sete (07) vezes, ranking no qual ainda está isolado em 1º lugar.

Desde o acidente, o ex-piloto alemão trava uma luta pela sobrevivência, já que vive em estado semivegetativo. Meses atrás, a imprensa europeia revelou que Michael estaria tendo graves problemas de osteoporose e atrofia muscular, causados pela falta de movimento.

Sua esposa, que já gastou boa parte da fortuna do casal com tratamentos médicos para tentar reverter seu quadro, nunca fez qualquer declaração sobre o verdadeiro estado de saúde do piloto, pedindo sempre, apenas, que sua privacidade fosse respeitada.

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com