Ex-funcionário da Cisco confessa ter excluído 16 mil contas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O ex-funcionário da Cisco, Sudhish Ramesh, admitiu ter invadido a infraestrutura em nuvem da empresa e removido 16 mil contas do Webex Teams em 2018.

“Ramesh admitiu que, durante um acesso não autorizado, ele implantou o código usando sua conta do Google Cloud, o que resultou na remoção”, relata o Departamento de Justiça dos Estados Unidos. O aplicativo Cisco Webex Teams fornece “videoconferência, mensagens de vídeo, compartilhamento de arquivos”.

Como resultado desse incidente, 16 mil contas foram desativadas por duas semanas, o que resultou no gasto da Cisco de aproximadamente US$ 1,4 milhão em reparos de danos e no reembolso de mais de US$ 1 milhão aos clientes afetados. De acordo com representantes do Departamento de Justiça dos EUA, nenhum dado foi comprometido.

Ramesh também admitiu que "agiu de forma imprudente ao implantar o código e ignorou conscientemente o risco substancial de que seu comportamento pudesse prejudicar a Cisco".

Ramesh foi libertado sob fiança e uma audiência de sentença está marcada para 9 de dezembro de 2020. Ele pode pegar uma pena de prisão de cinco anos e uma multa de US$ 250 mil.

Fontes

ru Бывший сотрудник Cisco признался в удалении 16 тыс. учетных записей Webex TeamsSecurityLab, 29 de agosto de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com