Ex-ditador Saddam Hussein deve ser enforcado neste sábado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de dezembro de 2006

Iraque


O ex-ditador iraquiano Saddam Hussein, que foi condenado à morte pelo assasinato pelo assassinato de 148 xiitas em 1982 (tempo o qual governava o país), deve ser enforcado neste sábado (30 de dezembro).

A execução será feita, segundo a TV pública iraquiana, entre as 5h30 e 6h (0h30 e 1h horário de Brasília).

O ditador está sendo vigiado pelos soldados do Exército dos EUA em um campo militar aos arredores de Bagdá.

Os crimes de Saddam Husssein

Durante 20 anos o regime de Saddam aterrorizou a população iraquiana. Assassinatos, torturas, estupros eram comuns contra os inimigos do regime.

Nem os próprios familiares de Saddam Hussein estiveram a salvo. Pelo menos 40 parentes de Saddam foram assassinados.

  • Guerra Irã-Iraque : na década de 1980 morreram 150 a 340 mil iraquianos no conflito. Entre os iranianos o número de baixas varia de 450 a 730 mil.
  • Armas químicas: Saddam usou armas químicas contra iraquianos e iranianos causando a morte de pelo menos 30 mil pessoas. Um ataque contra um vilarejo curdo em 1988 provocou a morte de pelo menos 5 mil civis. Pelo menos 40 vilarejos curdos foram atacados com arsenal químico durante o regime de Saddam Hussein.
  • A Humans Rights Watch diz que Saddam é responsável pela morte de 50 a 100 mil curdos durante o biênio 1987-1988.
  • Segundo o FBI o governo de Saddam planejou assassinar o ex-Presidente George Bush durante sua visita ao Kwait em abril de 1993.

Referências

Fontes