Evo Morales é recebido por Fidel Castro em Cuba

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

31 de dezembro de 2005

O Presidente eleito da Bolívia Evo Morales chegou ontem (30) em Havana, onde foi recebido com honras de chefe de estado pelo Presidente Fidel Castro.

O jornal cubano Granma comentou da seguinte maneira a visita de Morales: "Nas vésperas do 47o aniversário da Revolução, a presença em Cuba do companheiro Evo Morales é notada e enche de satisfação o nosso povo".

Segundo nota oficial do Governo cubano, a visita de Morales "constitui um importante estímulo para fortalecer os laços de amizade e cooperação entre o Governo de Cuba e o próximo chefe do executivo da Bolívia".

A nota também destaca que tanto Cuba como a administração do líder do MAS (Movimento ao Socialismo) estão "comprometidas com uma verdadeira integração latino-americana baseada na solidariedade e no humanismo".

Cuba é o primeiro país visitado por Morales desde que foi declarado presidente. O mandatário boliviano pretende em seguida visitar a Europa, China, África do Sul e Brasil.

O Presidente da Bolívia, que defende a Alternativa Bolivariana para as Américas (ALBA) do Presidente da Venezuela Hugo Chávez como alternativa contra a Área de Livre Comércio das Américas (ALCA), negocia oficialmente os primeiros acordos com Cuba. Um deles é na área da saúde. Cuba promete fornecer médicos e equipamentos para o atendimento gratuito a bolivianos com problemas nos olhos. Outro acordo é sobre a possibilidade de estudantes bolivianos freqüentarem o curso de Medicina em Cuba.

Morales deve retornar à Bolívia ainda no sábado, pois deseja comemorar a passagem do ano-novo em sua terra natal Orinoca.

Fontes