Estudo: telefones celulares não provocam câncer

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de fevereiro de 2008

A Universidade de Nova Gales do Sul publicou um estudo que desmentes vários mitos relacionados com o câncer, uma doença que produz milhões de vítimas em todo o mundo.

O estudo apresenta cinco categorias para os riscos de desenvolver a doença; "demonstrado", "provável", "sugerido", "desconhecido" e "improvável". Dentro de tal escala os mais perigosos ("demonstrado") foram o fumo e a exposição solar sem proteção, já dentre os menos perigosos ("improvável") está o telefone celular.

Alguns atos que produzem desordem dentro do organismo, como o excesso de álcool, fumo e exposição solar são fatores de riscos, enquanto que tomar café, usar desodorantes, implantes de mamas e água com flúor são inócuos para o desenvolvimento da doença.

A pesquisa foi publicada na revista "Mutation Research Reviews", para o dia mundial contra o câncer, celebrado em 4 de fevereiro.


Fontes