Estudantes ganham na Justiça direito de ver redação corrigida do Enem

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de janeiro de 2012

Brasil — Três estudantes do Rio de Janeiro conseguiram na Justiça o direito de saber como foi a correção de suas redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).[1] As decisões ainda garantiram direito de revisão da nota, caso seja comprovado erro.[2] Os três, todos vestibulandos de Medicina, discordaram da avaliação que tiveram.[3]

Um deles tirou zero porque, segundo os corretores, teria fugido ao tema da proposta da redação. Segundo o advogado Diogo Rezende de Almeida, que defende os três estudantes, o aluno é "exemplar".[4] Os outros dois inscritos reclamam de terem tirado notas baixas, distante do perfil deles.[5] O estudante Gabriel Botelho Bastos Zaverucha, de 18 anos, recebeu pela redação 480, em uma escala que vai até mil. "Sempre estive acima da média em redação. Parece que ninguém leu o texto", diz ele, aluno do tradicional Colégio Santo Agostinho.[6] Dois estudantes já receberam do Ministério da Educação (MEC) a cópia das redações corrigidas.[7][8]

Em São Paulo um estudante também conseguiu na Justiça a revisão da nota obtida na redação do ENEM de 2011.[9][10] A prova do aluno que estuda no colégio particular Lourenço Castanho tinha sido anulada, mas depois que a Justiça concedeu uma liminar para que ele pudesse ter acesso à correção, a nota passou de zero para 880 pontos (em uma escala que vai de zero até mil).[11][12]

Caso a Justiça dê posição favorável ao estudantes, a decisão poderá gerar Jurisprudência, facilitando que outros estudantes que tenham se sentido prejudicados no Exame também possam recorrer.[13][14][15]

Referências[editar]

  1. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  2. Estudantes ganham na Justiça direito de ver redação corrigida do Enem
  3. Mais três estudantes conseguem direito à revisão de nota no Enem
  4. Justiça do Rio dá a três alunos acesso à redação do Enem
  5. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  6. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  7. Justiça dá a três alunos acesso à redação do ENEM
  8. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  9. Estudante consegue na Justiça mudar a nota da redação do Enem
  10. Após recurso, aluno muda a nota da redação do Enem
  11. Estudante consegue na Justiça revisão da nota da redação do Enem
  12. Estudante de SP consegue na Justiça mudar a nota da redação do Enem
  13. Estudantes protestam contra falhas do Enem nesta quarta
  14. Estudantes protestam no Recife contra a realização do Enem
  15. STJ cassa liminares contra Enem e Sisu e alunos não poderem recorrer das notas

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati