Estudantes ganham na Justiça direito de ver redação corrigida do Enem

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de janeiro de 2012

Brasil — Três estudantes do Rio de Janeiro conseguiram na Justiça o direito de saber como foi a correção de suas redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).[1] As decisões ainda garantiram direito de revisão da nota, caso seja comprovado erro.[2] Os três, todos vestibulandos de Medicina, discordaram da avaliação que tiveram.[3]

Um deles tirou zero porque, segundo os corretores, teria fugido ao tema da proposta da redação. Segundo o advogado Diogo Rezende de Almeida, que defende os três estudantes, o aluno é "exemplar".[4] Os outros dois inscritos reclamam de terem tirado notas baixas, distante do perfil deles.[5] O estudante Gabriel Botelho Bastos Zaverucha, de 18 anos, recebeu pela redação 480, em uma escala que vai até mil. "Sempre estive acima da média em redação. Parece que ninguém leu o texto", diz ele, aluno do tradicional Colégio Santo Agostinho.[6] Dois estudantes já receberam do Ministério da Educação (MEC) a cópia das redações corrigidas.[7][8]

Em São Paulo um estudante também conseguiu na Justiça a revisão da nota obtida na redação do ENEM de 2011.[9][10] A prova do aluno que estuda no colégio particular Lourenço Castanho tinha sido anulada, mas depois que a Justiça concedeu uma liminar para que ele pudesse ter acesso à correção, a nota passou de zero para 880 pontos (em uma escala que vai de zero até mil).[11][12]

Caso a Justiça dê posição favorável ao estudantes, a decisão poderá gerar Jurisprudência, facilitando que outros estudantes que tenham se sentido prejudicados no Exame também possam recorrer.[13][14][15]

Referências[editar]

  1. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  2. Estudantes ganham na Justiça direito de ver redação corrigida do Enem
  3. Mais três estudantes conseguem direito à revisão de nota no Enem
  4. Justiça do Rio dá a três alunos acesso à redação do Enem
  5. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  6. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  7. Justiça dá a três alunos acesso à redação do ENEM
  8. Justiça dá a três alunos acesso à redação do Enem
  9. Estudante consegue na Justiça mudar a nota da redação do Enem
  10. Após recurso, aluno muda a nota da redação do Enem
  11. Estudante consegue na Justiça revisão da nota da redação do Enem
  12. Estudante de SP consegue na Justiça mudar a nota da redação do Enem
  13. Estudantes protestam contra falhas do Enem nesta quarta
  14. Estudantes protestam no Recife contra a realização do Enem
  15. STJ cassa liminares contra Enem e Sisu e alunos não poderem recorrer das notas

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati