Esquerda vence eleição presidencial em El Salvador

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O presidente eleito, Mauricio Funes.

16 de março de 2009

O jornalista militante de esquerda Mauricio Funes, do partido formado pela antiga guerrilha marxista FMLN (Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional), venceu as eleições presidenciais deste domingo (15) em El Salvador. Com essa vitória, Funes põe fim a quase 20 anos de hegemonia do partido conservador Arena (Aliança Republicana Nacionalista).

Rodrigo Avila, seu rival, reconheceu a derrota ainda no domingo, após mais de 90% das urnas apuradas, ao lado do atual presidente do país, Antonio Saca, e dos antecessores Alfredo Cristiani (1989-1994), Armando Calderón (1994-1999) e Francisco Flores (1999-2004), todos do Arena.


Cquote1.png

Esta é a noite mais feliz da minha vida, e eu quero que seja a noite de maior esperança para El Salvador. (...)Neste dia triunfou a cidadania que acreditou na esperança e venceu o medo. Esta é uma vitória de todo o povo salvadorenho

Cquote2.svg
Mauricio Funes




Funes discursou num hotel de San Salvador, ao lado da esposa Wanda Pignato, de origem brasileira e representante do Partido dos Trabalhadores (PT) do Brasil para a América Central.

A vitória da FMLN veio na quarta tentativa de conquistar o poder depois de 1992, quando a organização se transformou em um partido político ao fim de 12 anos de guerra civil.


Fontes