Escaramuças e incidentes esparsos desafiam cessar-fogo no Líbano

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de agosto de 2006

Escaramuças e incidentes isolados desafiam o cessar-fogo do conflito no Líbano.

Nesta quarta-feira (23) um soldado israelense morreu e três outros ficaram feridos depois que o tanque em que eles estavam passou por cima de uma mina no sul do Líbano, perto da cidade de Blida. Segundo algumas informações, a mina teria sido colocada pelo Exército Israelense para evitar que militantes do Hizbollah chegassem perto da fronteira.

Há relatos de que outros três militares libaneses morreram quando tentavam desarmar um míssil que não explodiu, na vila de Tibnine.

O incidente mais sério parece ter ocorrido nas redondezas de Chebaa, na fronteira de Israel, Síria e Líbano. Houve disparos de tiros durante cerca de 3 horas. A região é uma área disputada pelo Líbano e Israel. O governo israelense argumenta que a área pertence à Síria enquanto que o Líbano diz que é quem tem direito ao território.

Oficiais de tropas libanesas que estão estacionadas na região desde semana passada como parte do plano de cessar-fogo disseram que os israelenses atiraram em direção a eles. Os militares israelenses afirmaram que os disparos foram feitos dentro de seu território como forma de intimidação.

Num outro incidente que ainda precisa ser confirmado, um soldado israelense recebeu um tiro na cabeça enquanto participava de uma incursão militar no sul do Líbano.

Fontes