Emmanuel Macron diz que é "muito cedo para dizer" se as férias de verão serão possíveis

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de maio de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Embora a França deva começar seu desconfinamento em 11 de maio, o presidente francês disse, durante uma visita nesta manhã de terça-feira a uma escola em Poissy, nas Yvelines, que era "muito cedo para dizer" se as férias de verão serão possíveis. Emmanuel Macron disse que uma resposta pode ocorrer "no início de junho".

Na semana passada, o Secretário de Estado responsável pelo Turismo, Jean-Baptiste Lemoyne, alertou na BFM TV que as férias de verão “dependerão dos esforços uns dos outros. Elas serão necessariamente um pouco diferentes, porque o vírus não tira férias". Ele ressalta a priorização pelo "turismo de proximidade" e que devemos "redescobrir o patrimônio que compõe a riqueza de nossa terra".

Durante sua viagem a Poissy, o Sr. Macron explicou: “Esse período que começa em 11 de maio é de nossa responsabilidade coletiva. Esse desconfinamento é mais complexo que a contenção em si, teremos que gerenciar a evolução do vírus. [...] Após três semanas, veremos se há aumento no número de pessoas nas salas de emergência."

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com