Em vídeo, tenente da Al Qaeda diz que Bush deve admitir sua derrota no Iraque

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de janeiro de 2006

Num video difundido pela rede de notícias Al Jazeera, Ayman al-Zawahiri, considerado o segundo no comando da organização terrorista islâmica Al Qaeda, declarou como "um triunfo" a retirada parcial das tropas americanas do Iraque e exortou o Presidente George W. Bush a admitir sua derrota.

"O anúncio da retirada das tropas americanas é um indício do triunfo do Islã no Iraque. Hoje aplaudo a vitória muçulmana no Iraque. Já disse há menos de um ano, que a saída dos Estados Unidos do Iraque estava próxima. E Bush, em novembro passado, viu-se obrigado a anunciá-la, mas na ocasião não fixou uma data. Será que os agentes iraquianos, hipócritas e apóstatas, poderão resistir sozinhos?", foram as declarações, em tom calmo, do tenente de Osama bin Laden.

Mais tarde na gravação, Zawahiri mudou o timbre da voz e se dirigiu energicamente ao Presidente dos EUA: "Bush, deves reconhecer que foste derrotado no Iraque, Afeganistão e logo o será na Palestina com a ajuda da força de Deus".

Em 22 de dezembro passado, o secretário de Defesa dos EUA Donald Rumsfeld anunciou a redução do contingente das forças norte-americanas no Iraque, o que foi comemorado porZawahiri, que no vídeo ainda pediu solidariedade para as vítimas do terremoto de outubro passado no Paquistão e criticou as recentes eleições parlamentares no Egito.

Fontes