Em gravação, Bin Laden conclama "guerra santa" na defesa dos palestinos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de janeiro de 2009

Uma fita de áudio divulgada por sites islâmicos nesta quarta-feira (14), atribuída a Osama bin Laden, chama "a nação muçulmana" a uma "guerra santa" contra Israel.


Cquote1.png

Há apenas uma maneira de promover o retorno da Al Aqsa (famosa mesquita de Jerusalém) e da Palestina, que é a jihad no caminho de Deus. (...)Nação muçulmana, você pode derrotar a entidade sionista com suas famosas habilidades e sua grande força escondida mesmo sem o apoio de líderes (árabes) e a despeito do fato de grande parte deles estarem em barricadas

Cquote2.svg
Trechos da fita atribuída ao líder da Al Qaeda, Osama bin Laden




A autenticidade da fita, produzida pela As-Sahab, a ala de mídia da Al Qaeda, ainda não foi verificada. Segundo a empresa americana IntelCenter, que monitora mensagens de militantes islâmicos, na mensagem, Bin Laden também menciona o fim do governo de George W. Bush e a posse de Barack Obama, na próxima semana.

Fontes