Em combate ao terrorismo, líderes estrangeiros desfilaram em Paris

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de janeiro de 2015

França

Os chefes de Estado presentes em Paris para a marcha silenciosa de solidariedade com as vítimas dos atentados dos últimos dias na França estiveram 20 minutos na linha de frente da manifestação. O presidente francês, François Hollande, liderou a marcha e esteve acompanhado por diversos líderes, como o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

Hollande, segundo a agência France-Presse, cumprimentou, durante a marcha, as famílias das vítimas dos atentados desta semana. O manifestantes percorrerão diversas ruas desde a Praça da República até a Praça da Nação. Desde quarta-feira (7), registraram-se três incidentes violentos na capital francesa, incluindo um sequestro, que, no total, fizeram 20 mortos. Os incidentes começaram com o ataque ao jornal Charlie Hebdo. Kouachi Sharif, de 32 anos, e o seu irmão mataram 12 pessoas, incluindo dois policiais na quarta-feira, durante o ataque ao semanário. Eles fugiram por dois dias e depois foram encontrados nos arredores da capital francesa, acabando mortos em um tiroteio com a polícia.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati